CEO da DEEP participa do programa Tech & Startups do canal AgroMais e fala sobre ESG para o agronegócio

ghg blog 01
Pesquisa da DEEP é publicada em revista científica internacional
junho 23, 2022
dois anos de impacto deep
Tudo que nós fazemos gera impacto!
agosto 25, 2022

CEO da DEEP participa do programa Tech & Startups do canal AgroMais e fala sobre ESG para o agronegócio

mensuração carbono deep agromaisO CEO e co-fundador da DEEP, Arthur Covatti, foi convidado pelo canal AgroMais para falar sobre DEEP, ESG e sua ligação com o agronegócio. Por falar em ligação com o agronegócio, Arthur começou lembrando que seus pais são produtores rurais (de soja) e destacou a missão da DEEP de ampliar o alcance da tecnologia de ponta de  mensuração de impactos ESG no Brasil: 


“Apesar de o Brasil ter uma participação relativamente pequena na economia mundial (1,6%), representa hoje cerca de 30% do potencial mundial do que a gente chama de Nature-based Solutions, que é justamente o sequestro de carbono é através de soluções baseadas na natureza, em fazendas, em florestas… O Brasil é um dos únicos lugares do mundo onde eu diria que existe um efetivo potencial de sequestro de carbono e de avanço da pauta climática”. 


Sobre a plataforma da DEEP, que permite o monitoramento automático (sem a necessidade da entrada manual de dados) e em tempo real das emissões de CO2, da pegada hídrica e de impactos sociais, entre outros,  Arthur falou das oportunidades para o agronegócio: 


“Hoje, o tema de impacto é bastante relevante para o Agro, principalmente para quem quer exportar para a Europa, que já estuda a implementação de mecanismos para taxar grandes poluidores (carbon adjustment mechanism)”. 


Por fim, Arthur ressaltou que as soluções da DEEP já estão em uso por empresas maduras na pauta de carbono, como a Companhia Brasileira de Alumínio, do Grupo Votorantim, e multinacionais, tanto empresas de fora que atuam no Brasil, quanto brasileiras que operam fora do país, e que a jornada ESG tende a crescer muito nos próximos anos: “O pequeno e médio empresário precisa se preocupar com o tema, por conta do cliente, que vai exigir cada vez mais a mensuração de impacto; das  empresas, que já estão exigindo inventário de carbono da sua cadeia de suprimento; e de mercados importadores, como o norte-americano e europeu, que estão avançando no campo regulatório”. 


Assista a íntegra da entrevista no link abaixo. 

https://youtu.be/zEfJAikdOmE


 

DEEP ESG
DEEP ESG
The first fully integrated, real-time, ESG platform to assess, measure and report ESG financial data within organizations and across sectors.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: